A genética no vestibular - 4 questões polêmicas de genética


Abaixo você encontrará questões de vestibular de Biologia na área de genética, confira os comentários e amplie seus conhecimentos.

( Fuvest - SP) Dois irmãos (Pedro e Paulo) casam-se com duas irmãs (Maria e Joana), todos normais. O primeiro casal, Pedro e Maria, tem uma criança afetada por uma doença muito rara de herança autossômica recessiva.


a) Desenhe o heterograma representando os dois casais e seus respectivos pais.

Como os dois casais possuem pais em comum o heredrograma será um pouco mais complexo. Inicia-se com dois casais (um pais de Paulo e Pedro; o outro pais de Joana e Maria) sendo que nenhum desses sabe-se ao certo quanto a heterozigose ou monozigose dominante, sendo portanto Aa ou AA ( como a doença é muito rara os pais serão AA ou Aa e vice-versa). Na segunda parte, no primeiro casal partirá os dois irmãos sendo que esses podem ser AA ou Aa e as duas irmãs que também podem ser AA ou Aa. Como fala-se no enunciado da questão que Maria e Pedro tiveram uma criança (por não falar o sexo usa-se o triângulo) afetada Maria e Pedro são obrigatoriamente heterozigotos.
b) Qual é a probabilidade de que uma futura criança de Paulo e Joana venha a ser afetada por essa mesma doença genética? Considere desprezível a probabilidade de uma nova mutação.

A chance de Joana ser Aa é de 1/2 como mostra o cruzamento de seus pais AA x Aa = AA, Aa, AA e Aa. Para Paulo é a mesma coisa 1/2. Então a chance do casal ser heterozigoto e assim poder ter a chance de ter um filho afetado é 1/2 x 1/2 = 1/4. Porém não paramos por aqui, a pergunta é sobre qual a chance de nascer uma criança afetada então: para pais heterozigotos a chance será: Aa x Aa = AA, Aa, Aa e aa, sendo portanto 1/4 a possibilidade de nascer um indivíduo afetado.
Juntando tudo 1/4 x 1/4 = 1/16. A chance de nsacer uma criança afetada de Joana e paulo é de 1/16.

c) Se Paulo e Joana tiverem uma primeira criança afetada pela mesma doença genética, qual será o risco de que uma segunda criança desse casal tambem seja afetada por essa mesma doença? Por que?
Como fala que Joana e Paulo já tiverão uma criança afetada eles são obrigatoriamente heterozigotos, sendo assim para nascer um segundo filho afetado a chance será Aa x Aa = AA, Aa, Aa e aa que siginifica 1/4 de chances.


(UC - BA) O esquema abaixo representa a genealogia de uma família. Das afirmações abaixo, qual é a unica que está interiramente de acordo com os dados.

A resposta certa é a letra D - seo indivíduo 5 casar-se com uma mulher de cabelos crespos, todos os seus filhos terão cabelos ondulados..

Explicação: percebe-se no heredrograma que os indivíduos  1 e 2 ambos Aa isso porque tiveram filhos de diferentes caracteristicas. O filho 4 é AA, 5 é aa e 6 é Aa. O indivíduo 7 é aa e seu filho 9 é Aa. A resposta foi descoberta pelo fato do cruzamento entre 3 aa e 4 AA ter sido Aa. Como cabelos lisos é Homozigoto recessivo e cabelos crespos é Homozigoto dominante, todos os filhos de pais de cabelos crespos e lisos serão heterozigotos o que significa cabelos ondulados.


(UFPI) Considere uma família na qual apenas um homem é albino. Todas as demais pessoas têm fenótipo normal e todos os casamentos realizados foram com pessoas cujas as famílias não possuíam o gene para o albinismo. Qual a probabilidade de um bisneto desse homem albino ser portador do gene para essa caracteristica?

Todos os cruzamentos em vermelhos são das pessoas normais que entraram na família.

Para o filho a chance é (AA x aa = Aa) de 0% pois todos os filhos serão heterozigotos e a doença é recessiva, portanto serão somente portadores.
Para os netos a chance será de ( AA x Aa = AA, Aa, Aa e AA) 2 em quatro, ou seja, 1/2.
Para os bisnetos a chance será de (AA x Aa = AA, Aa, Aa e AA) igual aos dos netos.

Juntando tudo a chance de um bisneto portador será de 1/2 x 1/2 = 1/4.

(UFMG) Os filhos de dois irmãos se casam-se e têm um filho aparentemente normal.
Os avós comuns ao casal eram heterozigotos para um gene recessivo (albinismo). Os pais do casal eram fenotipicamente normais. Considere as esposas dos irmãos normais e homozigotas e calcule a probabilidade de o casal e de seu filho serem os três heterozigotos.

Ocorreu um casamento de primos. Então:
Os avós do casal são heterozigotos (Aa x Aa = AA,Aa,Aa,aa) então a probabilidade de seus filhos nascerem heterozigotos são 2/3.

Se este filho se casa com uma homozigota(Aa x AA = AA,AA,Aa,Aa = 1/2) então a chance de ter um filho heterozigoto é 2/3 x 1/2 = 2/6.
Como os avós tem dois filhos.. então 2/6 x 2/6Sendo o casal de irmãos heterozigoto(Aa) , o filho terá 2/3 de chance de nascer heterozigoto..
Dessa forma, a probabilidade de serem os três heterozigotos é 2/6 x 2/6 x 2/3 = 2/27.

O que você está procurando no O melhor da Biologia? Digite aqui:

Carregando...

Quem sou eu

Minha foto

Uma professora que gosta muito da profissão e que acredita que a educação é a única ferramenta capaz de mudar o mundo para melhor.

Este blog é um trabalho voluntário e apaixonado que desenvolvo de forma complementar, desde de 2009, ao meu trabalho como docente e pesquisadora.

Fazer este espaço de educação e ciências se tornou um hobby e uma contínua fonte de capacitação profissional.

Todo material existente aqui é para ser usado por todos os professores e alunos que desejarem. Não havendo nenhum custo financeiro.

Fernanda Aires Guedes Ferreira

Adicione-se ao Google+ e Confira e fique atualizado

Seguidores O melhor da Biologia

Siga O melhor da Biologia por E-mail e confira todas as novidades

Biologia no ENEM/Vestibular

Deixe aqui seu comentário.